Diários de Viagem - Mercado Municipal Paulistano

Diários de Viagem – Mercado Municipal Paulistano

Semana passada fui ao Mercado Municipal Paulistano, famoso pelo pastel de bacalhau e pelo sanduíche de mortadela.

Gosto muito de passear por lá, dá para encontrar de tudo. Já tenho minhas lojas prediletas, que foram indicadas por amigas queridas ou descobertas por acaso. Como a parte de carnes, peixes e especiarias é bem semelhante ao que encontramos no Mercado Público de Porto Alegre, ficamos focados nas bancas de frutas. São várias, algumas de frutas exóticas, outras de frutas “comuns”. Nas primeiras encontramos todos os tipos de frutas, lindas, mas bem caras! Eu vou sempre na mesma banca, onde eles deixam experimentar um pouco de cada fruta antes de escolher… o nome é o próprio endereço: K23, ou seja, rua K, box 23. Vale a pena, é uma volta ao mundo através das frutas. Para quem busca carnes, eu recomendo o Porco Feliz (sim, eu sei, esse nome é bizarro e de gosto duvidoso) tem todos os tipos de carne, sempre frescas. Muitas carnes que recebemos na faculdade são de lá. Afinal, não é tão simples comprar bode, rã ou jacaré, mesmo  em São Paulo.

Banca de frutas Mercado Municipal Paulistano

Barraca de frutas no Mercado Municipal Paulistano, super organizada e repleta de frutas exóticas. Atrativa para os cinco sentidos.

Mercado Municipal Paulistano - São Paulo - Pitaya Amarela e Mangostin - Amélia com Vaidade 1

Pitaya Amarela – esta fruta é bem diferente. Original da América, tem um sabor maravilhoso! A última que eu comprei custou R$ 30,00 (foi 1 unidade) e valeu cada centavo! Tem uma outra pitaia vermelha, que é mais barata, mas não sei se é tão gostosa… E Mangostin – gostoso, um sabor diferente e difícil de descrever.

Morangos - gigantes no tamanho e no preço! E Nectarina importada. E por sinal, esta estava um ESPETÁCULO! A melhor que eu já comi na minha vida!

Morangos – gigantes no tamanho e no preço! E Nectarina importada. E por sinal, esta estava um ESPETÁCULO! A melhor que eu já comi na minha vida!

Granadilha Boliviana - espécie de maracujá doce, para comer de colher. É um relaxante muscular natural...

Granadilha Boliviana – espécie de maracujá doce, para comer de colher. É um relaxante muscular natural… Uma delícia!

 

Cherimoyas, a mesma fruta que eu conheci na viagem ao Chile (veja a postagem sobre o Mercado de Santiago), mas muito maiores e mais saborosas.

Eu já conhecia as cherimoyas da minha visita ao Chile, até postei fotos dela aqui, mas tinham aproximadamente o dobro do tamanho. O rapaz me explicou que as melhores e maiores, como ocorre com as nossas frutas, são destinadas à exportação.

Continuando nosso passeio, passamos por algumas lojas de conservas e frutas secas. Claro que também tinha degustação de algumas. Cheguei a conclusão que neste ponto sou bem tradicional: gosto maçã, ameixa, figo, etc, mas odiei melancia e outras…OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Depois de um breve passeio fomos, finalmente, almoçar! Escolhemos um local famoso, o Hocca, para comer o tradicional. Há vários outros locais para comer, e, sinceramente, acho que não há grandes diferenças… Optamos pelos clássicos: pastel de bacalhau, bolinho de bacalhau, pastel de camarão e, claro, sanduíche de mortadela. Acompanhados de um chope, foi o paraíso!
Cardápio do Hocca Bar, o mais tradicional do Mercadão. Mas tem fila de espera longaaaaa....

Cardápio do Hocca Bar, o mais tradicional do Mercadão. Mas tem fila de espera longaaaaa….

Sanduíche de Mortadela - Hocca Bar - Mercado Municipal Paulistano - São Paulo - Amélia com Vaidade 1

Sanduíche de Mortadela, com queijo e tomate seco. O meu predileto.

 

Sanduíche de Mortadela, Pastel e Bolinho de Bacalhau - Hocca Bar - Mercado Municipal Paulistano - São Paulo - Amélia com Vaidade 1

Trio Maravilha: pastel super recheado, sanduíche de mortadela e bolinho de bacalhau.

Enquanto estávamos no piso superior, tirei algumas fotos da “paisagem”, que é linda! A arquitetura do prédio é show.
Vista do mezanino.

Vista do mezanino.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 


Antes de ir não esqueça de deixar seu joinha e compartilhar com seus amigos.

Também estamos no facebook (facebook.com/AmeliacomVaidade) e no Instagram (@blogameliacomvaidade), com informações diversas e tudo que acontece na cozinha do Amélia com Vaidade e as comilanças dessa que vos escreve.

Print Friendly, PDF & Email

Comente via Facebook

comentário(s)

, , ,

2 Responses to Diários de Viagem – Mercado Municipal Paulistano

  1. Thay 3 de abril de 2012 at 8:00 pm #

    Nossa esses dias eu fui ao mercado e por curiosidade tambem fui a uma loja de frutas dessas , o nome casa medeiros se não me falha a memoria , me atenderam super bem e como vc falou me deram provas de umas frutinhas bem legais…algumas estranhas rsrs mais tinha uma q eu ameeei chma mangostin , muitooo bom msm , nunca tinha comido, bem doce sabe …eu recomendo.. bom qume poder da uma passadinha lá pra conferir né ! Adorei o Post beijããõ

    • Dani 25 de abril de 2012 at 1:37 am #

      Oi Thay!

      Obrigada! Eu realmente não sei o nome da banca que eu sempre vou, sei apenas o caminho até ela… 🙂 Eu conheço o mangostim, também comi lá, é bem gostoso, pena que é uma fruta que não se encontra em qualquer lugar. Vou te contar, o supermercado mais perto da minha casa tem bem pouca variedade ! Mal consigo comprar laranjas decentes…
      Sabe que desde que a Natália nasceu eu não consegui mais sair de casa direito… Mas vou ver se passo lá qualquer dia desses, é sempre um bom passeio. Ah, sábado pela manhã é uma loucura, simplesmente impossível de estacionar lá dentro, e fora é muito caro.

      Beijos
      Dani

Deixe seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: