Lentilha: deliciosa e um ótimo alimento

Lentilha: deliciosa e um ótimo alimento

Ah, que saudades de escrever! Planejamos férias em família para o mês de julho e um pouco antes decidimos fazer uma grande reforma na cozinha, o que acabou com todas as postagens que eu gostaria de fazer, nem mesmo um aviso de férias tive tempo de publicar. A nova cozinha está ficando linda, e aos poucos vou recolocando o Amélia com Vaidade e a casa em ordem.
Há muito tempo quero falar sobre a lentilha, uma leguminosa muito nutritiva que, de modo geral, não é tão presente na mesa brasileira como o feijão, apesar de ter o preparo mais rápido. Existem muitas variedades de lentilhas, sendo a mais comum e mais barata no Brasil a lentilha verde, mas ela também pode ser vermelha, alaranjada, negra e loura. Namoro com as lentilhas alaranjadas da seção de produtos árabes, mas confesso que o valor e a falta de experiência, afinal sequer experimentei em qualquer prato, inibem a compra. Ouvi falar de lentilhas com curry, que sabe…

 

A lentilha pode ser preparada de diversas formas e utilizada em sopas, saladas e como acompanhamento ou ainda ser consumida germinada, como fazem os adeptos da cozinha viva. Ela é rica em fibras, ferro, ácido fólico e proteínas, e é isenta de gorduras. Perfeito, não? Em casa costumo preparar de duas formas: cozida, semelhante ao feijão, e o clássico árabe mjadra (arroz com lentilhas e cebolas caramelizadas). Sugestão: de sobremesa uma laranja ou suco, para que a vitamina C auxilie na absorção do ferro. E o melhor acompanhamento, em termos nutricionais e proteicos, é o bom e velho arroz, de preferência integral.

 

Lentilha Caseira

Rendimento: 1 panela grande, mas que acaba rapidinho

Ingredientes
Parte 1
250g de lentilha
água
opcional: soro de iogurte ou kefir

Parte 2
2 colheres de sopa de azeite
1 pedaço pequeno de bacon (opcional)
1 cebola pequena
2 dentes de alho
2 batatas em cubos
2 cenouras em cubos
1 fatia de abóbora em cubos
sal a gosto

Preparo
Parte 1 
Deixe as lentilhas de molho em um recipiente com água e, se tiver disponível, o soro de iogurte ou kefir. O soro é rico em microrganismos que fermentarão os grãos antes do cozimento, auxiliando na eliminação dos compostos fíticos, que são anti-nutricionais e também diminuindo os gases que as leguminosas liberam ao serem ingeridas. A lentilha não precisa ficar muito tempo de molho para que seus grãos amaciem, mas quanto mais tempo, mais rápido será a cocção. Costumo deixar entre 4 e 6 horas, mas também já fiz sem deixar na água. Descarte a água e reserve.

Parte 2
Em uma panela grande, aqueça o azeite e refogue o bacon. Acrescente a cebola e o alho bem picados e deixe dourar. Junte a lentilha e cubra com água e deixe em fogo médio ou alto, deixando destampado após a fervura. Bom aqui vem a diferença entre o tempo em que os grãos ficaram de molho: se você colocou direto na panela sem colocar na água, espere que os grãos fiquem macios antes de acrescentar os demais ingredientes. Se você deixou de molho por algumas horas, é provável que os grãos já estejam macios, portanto, pode já colocar a batata, a cenoura e a abóbora na panela. Acerte os temperos e verifique quando todos os ingredientes estiverem cozidos. Pode ser servido sozinho ou como acompanhamento. Pode ser congelado.

Leia mais sobre a lentilha:
Nutrição em Foco
Discovery Mulher
Zero Hora
Portal São Francisco

 

Antes de ir não esqueça de deixar seu joinha e compartilhar com seus amigos.

Também estamos no facebook (facebook.com/AmeliacomVaidade) e no Instagram (@blogameliacomvaidade)

Print Friendly, PDF & Email

Comente via Facebook

comentário(s)

, , , , , , ,

No comments yet.

Deixe seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: